segunda-feira, 26 de julho de 2021

Os avós e bisavós cá de casa são os melhores do mundo

Hoje é um dia que me toca muito. O dia dedicado aos avós e que tem origem no culto prestado pela Igreja Católica a Santa Ana e S. Joaquim, avós de Jesus.

É sobejamente conhecida a relação especial que tinha/tenho com os meus avós maternos. A avó paterna não cheguei a conhecer e o avô paterno partiu (igualmente) cedo.

A minha família não é, de todo, perfeita, mas é indescritível o orgulho que sinto nos laços que os avós e bisavós cá de casa conseguiram criar entre eles e connosco.

Na falta de palavras, partilho aqui algumas das fotos mais marcantes, dos nossos avós e bisavós.



                                                                        Com os meus avós


Com a avó, bisavó, tia avó e prima avó


Com os avós



Com a minha avó


A avó


O avô


~

As avós das minhas filhas


Os meus avós, nas pontas, e um tio avô


                                                         As bisavós das minhas filhas

sábado, 24 de julho de 2021

Mas lembra-me, tá?

 -Amanhã até ao final da manhã quero isto tudo arrumado senão ponho as coisas num saco do lixo preto e deito fora!

- Ok, já ouvi! Mas lembra-me, tá? (E termina de me derreter com um grande abraço).

segunda-feira, 12 de julho de 2021

2 minutos são vida

 - Mãe, ali dizia que a novela terminava às 22h30 mas afinal terminou às 22h28!

- São só 2 minutos de diferença!

- Mãe, 2 minutos são vida!

E tem tanta razão a minha mais nova, sempre atenta ao que a rodeia.

sexta-feira, 9 de julho de 2021

Trouxeste-me liberdade?

 - Anda cá ver o que a mãe te trouxe!

- Trouxeste-me liberdade?! 

Em isolamento profiláctico depois de terem sido detectados  dois casos de COVID na turma, a minha pré adolescente mais velha está num stress tremendo. Não consegue perceber porque tem de estar isolada tendo testado negativo e canaliza a sua angústia para a culpada do costume.

Bem gostaria de lhe trazer liberdade. Rai’s partam esta porcaria de vírus.

quinta-feira, 8 de julho de 2021

Parabéns finalistas do meu coração

Eis que chegou o (mais do que nunca) desejado final do ano lectivo e a hora das minhas bebés passarem de ciclo.
É verdade, estas meninas nascidas ontem passaram para o sétimo e quinto ano. Estão de parabéns (tal como todos os alunos da era COVID) pela forma como, entre dias bons e dias menos bons, cumpriram os seus deveres de estudante, enfrentando toda a violência psicológica causada por esta epidemia.
Estou muito orgulhosa destas miúdas.

 

sábado, 3 de julho de 2021

Da série coisas que nos fazem sentir como os leprosos - 2

Experimentem aparecer junto da vossa filha pré-adolescente quando ela está com os amigos. 

O olhar que vos lançará será tão expressivo que vos fará como os leprosos se sentiriam na Idade Média. Não fosse precisar de umas moedinhas e ia directa para uma gafaria longínqua.

quinta-feira, 1 de julho de 2021

Tossir em tempos de COVID

Tossir em tempos de COVID é um stress. Perceber olhares de esguelha, reacções de pânico e afastamento imediato da nossa pessoa, faz-nos sentir como (imagino) se sentiriam os leprosos na Idade Média.

Cheguei ao ponto de temer que me colocassem uma sineta na mão para usar até ao dia em que enfiariam numa gafaria.

Malta, há tosse e pingo no nariz para além do COVID ok? 

Os avós e bisavós cá de casa são os melhores do mundo

Hoje é um dia que me toca muito. O dia dedicado aos avós e que tem origem no culto prestado pela Igreja Católica a Santa Ana e S. Joaquim, a...