segunda-feira, 26 de setembro de 2011

De vento em popa

A vida corre-me de vento em popa. Há muito tempo que não me sentia tão bem, apesar das muitas questões existenciais que teimam em não me deixar.

A falta de notícias deve-se, unica e exclusivamente, a questões técnicas.

Bem, vou alimentar as crias.

Até à próxima.

5 comentários:

  1. Fico muito feliz por ti, Susana. É raro encontrar declarações destas nos nossos blogues cor de rosa. Raro e delicioso.

    Beijoquinhas

    ResponderEliminar
  2. Esse é o espírito.

    Reamente és as rainha leoa :) beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Beijinhos, Susana.
    Arriscaria a dizer que esse bem estar não é circunstancial, nem depende de acontecimentos externos. Quiçá, é equilíbrio interior...
    Ou outra coisa assim inatingível como isso...

    ResponderEliminar
  4. Fico mesmo mt contente por ti, mereces que tudo corra de vento em popa! Como diz a Guida, gosto da corrente de positivismo que corre aqui neste blog!
    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  5. Ma-ra-vi-lha!
    Saboreia cada segundo, tu mereces.
    T.

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.