sábado, 24 de junho de 2017

Jamais se deve deixar uma criança longe do Ben-u-ron

Esta semana houve a necessidade das patroas dormirem em casa dos avós. Eram 03h20 quando toca o meu telemóvel. Era o meu pai a perguntar se eu tinha Ben-u-ron poisa pequena estava a chorar  há duas horas, a queixar-se de dores de ouvidos.
Curiosamente, tinha tido as mesmas dores da ultima vez que dormiu em casa dos avós.
Mesmo desconfiando tratar-se só de uma pequena chantagem emocional, lá veio o avô noite dentro para levar xarope para a menina. Quando chegou com o medicamento, a ladie dormia placidamente.
Conclusão - jamais se deve separar uma criança do milagroso Ben-u-ron que cura dores reais e imaginárias. Tão cedo não terei coragem de pedir aos avós que fiquem com elasm.

Obrigada autoestrada

Íamos em plena A29 quando, passada dos carretos à conta de tanto insulto e agressões físicas, gritei a plenos pulmões "a vossa sorte é que não posso parar na autoestrada, senão viam o que vos fazia".
A Tita, que chorava devido à dor causada pelas unhas da mana a belisca-la, desabafou "obrigada autoestrada por não deixares parar o carro".
Escusado será dizer que tive de sorrir e até eu agradeci interiormente à autoestrada.




sexta-feira, 23 de junho de 2017

São João, sem fogueira nem balão

Querido São João, sem fogueira nem balão
Nesta noite sempre longa
Sardinha, manjerico e martelo
Honrarão a tradição

Em teu nome saltará o folião
Sempre de olhos no céu
Pode faltar o fogo
Que abundará a animação

Será que a Leonor passa para o terceiro ano?

Hoje acabam as aulas e é dia de friozinho na barriga da pequena estudante. Será que passa para o terceiro ano ? Há coisas que nunca mudam.

quinta-feira, 22 de junho de 2017