quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Direito Gerais dos Doentes Oncológicos - guia disponibilizado pela Liga Portuguesa contra o Cancro

Recebida, e digerida, a notícia de um cancro na nossa vida (aqui se entendendo na vida da família, há que conhecer e usufruir dos direitos que nos são concedidos. Em causa estão não só apoios sociais, como benefícios fiscais e ao nível de seguros.

Não é que sejam muitos, mas os poucos que existem não devem deixar de ser utilizados por desconhecimento.

AQUI vos deixo o link para consulta do Guia de Direitos Gerais dos Doentes Oncológicos disponibilizado pela Liga Portuguesa contra o Cancro.

Deixo também o conselho (baseado na minha experiência) de que nunca se conformem com respostas negativas, muitas vezes sem fundamento legal. Procurem sempre esclarecer-se junto das entidades competentes e preferencialmente através de resposta escrita , a qual obriga a uma análise muito mais cuidada e aprofundada da questão e, por isso mesmo, mais fiável.

Lamentavelmente neste, como a outros níveis, é por vezes gritante a falta de formação de quem dá a cara pelas entidades e devia saber esclarecer os utentes.

Tricot em público

As patroas andam todas entusiasmadas com as aulas de tricot dadas pela avó.
Hoje há encontro de tricotadeiras e as ordens foram bem claras. A serviçal terá de as conduzir ao local.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Mochila sem rodinhas = avô em pânico

Há todo um mistério à volta das reações dos avós (por comparação a situações semelhantes vividas enquanto pais) que um dia espero vir a experienciar mantendo a capacidade de entendimento possível em tudo o que envolve afectos extremados.

As patroas decidiram escolher mochilas sem rodinhas para a escola. De frisar que no caso da Leonor, a escolha baseia-se  numa já longa experiência de 2 anos. Quanto à Tita, a decisão teve por base o facto de adoptar como lei as opiniões da mana o que, curiosamente, nada diz quanto à sua personalidade vincada.

E o que tem de interessante a escolha, que apoiei inteiramente pois não sou grande fã das rodinhas? A reacção do avô, que ficou stressado e preocupado com o efeito que as mochilas produzirão na coluna das meninas.

O avô, pai de 3 cachopas que viveram e sobreviveram ao uso de mochilas sem rodinhas.

Tentaremos acalmá-lo com a promessa de fazer revisões frequentes ao conteúdo das mochilas e a certeza de que o peso das mesmas nunca excederá os 10% do peso das respectivas proprietárias.

Creio que, tal como a mãe e as tias, as cachopas superarão a provação.

NOTA: fora de brincadeiras, as mochilas com rodinhas não são nada práticas e confortáveis quando têm de ser carregadas o que sucederá na maioria das escolas, que presumo não terem elevadores. Além de que, com ou sem rodinhas, o importante é irmos controlando o seu interior no qual por norma se encontram coisas incrivelmente desnecessárias e pesadas.

"Trabalhadores ganham se cancro for considerado uma deficiência"

"Trabalhadores ganham se cancro for considerado uma deficiência" é o título de uma entrevista concedida ao Jornal Público pela Professora de Direito Milena Rouxinol.

Abstraiam-se do título, ou melhor dizendo leiam atentamente para perceber o porquê da afirmação.

Não se assustem com a 1.ª frase; fixem-se em especial na 4.ª "Do outro lado da história, mais animadora, está a percepção de que o cancro será cada vez mais curável".



Para ler com atenção, em particular pelos juristas AQUI.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Estou para morrer e não tenho vagar

Como diria a minha avozinha, "estou para morrer e não tenho vagar".
 
Hoje, após estudo apurado da Classificação Nacional de Profissões, vim a descobrir que a profissão de "adivinhador e similares" está devidamente contemplada, ali mesmo entre o astrólogo e o pessoal de companhia e ajudantes de quartos. A definição que não deixa grandes margens para dúvidas.
 
Vejam só;
 
"5161.2 Adivinhador e similares
Compreende as tarefas e funções do adivinhador e similares que consistem,

particularmente, em:

Interpretar características dos clientes, em particular a partir da análise da palma
das mãos e posição das borras de café deixadas na chávena, folhas de chá, cartas

e búzios, para prever acontecimentos futuros

Fornecer avisos e conselhos sobre diversos rumos que o cliente pode seguir e as



precauções a tomar a fim de evitar influências do mal.

Inclui, nomeadamente, quiromante, cartomante e tarólogo"

Aos adivinhadores e similares, respectivos formadores, familiares e amigos o meu pedido de desculpas públicas.

Na minha ignorância, jamais imaginei que tal fosse possível. Vou já incluir a profissão no rol de saídas profissionais a apresentar às minhas patroas.