quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

A nova cara da Alexandra Lencastre

Nas minhas deambulações pela net, deparei-me com a nova cara da Alexandra Lencastre e fiquei aterrada.

Não que esteja feia, mas porque está irreconhecível e aparenta ser bastante mais velha o que, presumo, não tenha sido o objectivo.

Esta coisa das plásticas causa-me imensa confusão. Há plásticas necessárias, obviamente, mas há outras que só podem ter origem numa patologia de personalidade.

Talvez pelas centenas de vezes que tenho sido picada, à conta de linfomas e gravidezes, custa-me perceber como é que alguém se submete, voluntariamente, a situações de dor.

Mas não é só isso. Regra geral, as plásticas por motivos meramente estéticos (pelo menos na cabeça de quem as decide fazer) correm mal. E não queria estar na pele de quem tem de viver o resto da vida com uma imagem distorcida, na verdadeira acepção do termo, originada por um devaneio.

Quanto aos "profissionais" que aceitam efectuar tais atrocidades, era enviá-los todos partir gelo para a Sibéria. Não merecem outra coisa.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.