domingo, 10 de novembro de 2013

Antes que seja denunciada ao Ministério Público pela Ordem dos Médicos

Antes que seja denunciada ao Ministério Público pela Ordem dos Médicos, cá vai a minha versão dos factos.


É verdade que, desde Dezembro de 2008 (altura em que me foi diagnosticado um linfoma cujo primeiro sintoma se revelou na pele), já vi muitos rabos e mamas, de pessoas que me perguntam se se aquilo que lhes apareceu é parecido com aquilo que eu tinha.

Esta bizarria já que aconteceu nos mais variados contextos, nomeadamente trabalho e esteticista.

Não é algo a que ache muita piada, mas também não me incomoda por ali além.

 Era bem pior quando, na fase da quimio, me contavam histórias de vizinhas, primas, e conhecidas de primas, que tinham sofrido muito com os efeitos secundários dos tratamentos.

Voltando ao assunto, sou "consultada" com alguma frequência mas, obviamente, não consulto.

Limito-me a olhar, tal como pedem, e, invariavelmente, dizer a única coisa que faz sentido dizer "é melhor procurar um médico. Pelo menos, não fica a pensar nisso".

1 comentário:

  1. tens razão...médico!
    ainda agora, quando apareceram as primeiras borbulhas (vesículas), à avó, na minha ignorância, comecei a pincelá-las com betadine...e, afinal, era a zona, que deve ser tratada por dermatologista!

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.