segunda-feira, 14 de julho de 2014

Olha que tu não vais para lá falar delas!

Quando tenho de fazer alguma apresentação em público, estrutura-a mentalmente e, nos momentos que a antecedem, passo-a para o papel só para sentir que tenho ali um suporte.


Até agora, tirando umas sessões em que participei antes do referendo sobre o aborto, essas apresentações foram efectuadas a título profissional.


A que farei no Ignite Curia (nesta próxima 4.ª feira) será diferente e, apesar de ter carta branca para falar naquilo que entender, estou com bastante curiosidade para ver o que me sairá sendo que não me sai da cabeça a advertência da minha irmã do meio "olha que tu não vais para lá falar delas!".


Será que é possível falar 5 minutos sem "falar delas?"


E se for, será que consigo?





1 comentário:

Obrigada por dar vida a este blog.