sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

"Má sorte" na origem da maioria dos cancros

"Má sorte" na origem da maioria dos cancros. Hoje deparei-me com este título de notícia ao qual nã consegui ficar indiferente.


O artigo dava conta que a maioria dos cancros tem origem numa má divisão celular que a certa altura se verifica em certas pessoas. Ou seja, e isto é aquilo que acho que se deve reter, a maioria dos cancros acontece só porque sim ou, dizendo de outra forma, independentemente dos hábitos de vida de quem vê as suas células a trabalhar feitas parvas , desordenamente.


E o que é que isto (me) interessa? Interessa e muito pois questionar a origm do cancro que nos bate à porta (a nós ou a alguém próximo) é quase inevitável.


Mais do que isso é frequente sermos "culpabilizados", de forma mais ou menos consciente, pela situação. Se não bebesses leite, se comesses menos açúcar, se fizesses mais exercício ...


Isto para não falar nas "culpas" mais óbvias de quem fuma ou bebe álcool.


E se há coisa de que um paciente não precisa é sentir-se culpado, ainda que possa ter potenciado a doença de alguma forma.


Aqui chego ao ponto pelo qual tanto me bato, a pressão que nos olocam para que tenhamos  um estilo de vida saudável e isento de perigos, algo que este estudo vem desmistificarde alguma forma.


Posto isto, chego sempre à mesma conclusão. A melhor solução é a do meio termo. Sensibilidade e bom senso.


E tudo o resto são ilusões.


Quanto ao artigo, só faria uma correção ao título pois a "Má sorte" está na origem de todos os cancros e não só da maioria. Mas acho que isso toda a gente sabe.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.