Deixar de trabalhar para estar mais tempo com os filhos?

Juro que admiro as mulheres que têm coragem de deixar de trabalhar para estar mais tempo com os filhos. Acho que seria incapaz de o fazer.


Por isso, quando li o título DESTE post (Deixei da trabalhar para estar mais tempo com o meu filho), a minha reacção imediata foi "credo, eu ficava tolinha de vez".


Não que não goste de estar com as minhas filhas, mas ficar com elas em casa é algo que nem consigo imaginar.


Acho que não seria bom para mim e, muito menos, para elas. Sou uma forte defensora dos infantários enquanto forma de socialização e não chego aos calcanhares de quem lá trabalha no que diz respeito a estimular as minhas crias. Beijinhos e abraços 24 horas por dia, seria demais.


Entretanto percebi que o título do texto (que vale a pena ler) é enganador.


Na verdade, esta mãe não deixou de trabalhar. Optou foi por outro tipo de trabalho e teve a grande lucidez de dispensar coisas boas, mas não essenciais, para ter mais tempo (e acima de tudo, tempo de melhor qualidade) para o seu filho.


E aqui o caso já muda de figura. Assim, o pudesse fazer ...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Para a Luísa

Até ao céu

3 professores em 4 anos!