segunda-feira, 3 de agosto de 2015

1 dia se passou e a Leonor não voltou, mas quase

Com a mana fora e a Tita a sofrer uma crise de saudades, resolvemos mimar a mais pequena e levámo-la ao "Medicodonalds".


A meio do jantar, o papá atende o telemóvel e começo a vê-lo com os olhos marejados.


Era a Leonor, a pedir ao pai que a fosse ver. Por pouco, não saiu a correr do restaurante para aceder ao pedido da sua menina.


Depois de se controlar, lá a conseguiu acalmar e (até ver) a cachopa está a aguentar-se (imagino que tenha adormecido).


Já eu, tenho de lidar com a saudades e uma pontinha  (notória e assumida) de ciúmes. Sr.ª D.ª Maria Leonor está numa fase de enamoramento com o papá e não quer saber de mim. Snif, snif



Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.