sexta-feira, 25 de setembro de 2015

(Trabalhos) de casa

I


- Trouxeste trabalhos de casa?
- Hoje não.
- Tens a certeza, Leonor?
- Tenho !!!
- Deixa-me cá ver o caderno.


Et voilá, lá estavam eles.


Nova função da mãe - inspectora de cadernos e mochila.




II


- Como é a professora de ... ?
-É meia maluca. Não deixa os meninos irem à casa de banho.
- Mas quem é que queria ir, eras tu?
- Sim. Eu e a M.  (sinal de alerta)
- Se a professora não vos deixou ir foi que percebeu que estavam na brincadeira.
- Pois, nós queríamos ir para depois fugir da escola.
- Já vi que se portaram mal na aula. E os outros meninos, como se portaram?
- Os outros estavam a tomar atenção à professora. Nós é que estávamos a falar.


Medo. Muito medo, mas quem diz a verdade não merece castigo (muito menos quando vai contando as coisas com esta inocência)

1 comentário:

  1. Leonor, a futura gangster :)
    Mas adoro a inocência com que conta coisas dessas. Tão linda :)

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.