sexta-feira, 29 de abril de 2016

Pobre de mim

E chegou o dia em que, finalmente, me despedirei da minha dentola de estimação nascida em local inapropriado.


Há anos que o devia ter feito mas, para além do medo, tem havido sempre algo a contecer na noite anterior que o impede. De uma vez foi uma paragem de digestão, de outra um herpes.


Hoje parece que não tenho desculpa.


M.E.D.O.  Que ninguém fale comigo a partir das 18h.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.