Sobre este Amor maluco das manas

 
Uma, a mais velha, recorre às armas verbais "odeio-te; és a pior irmã do mundo!", entre outros mimos.

 
Outra, a mais pequena, faz-se valer dos punhos.
 
No final, tudo se resume a um Amor maluco e infinito.
 
 




Comentários

Mensagens populares deste blogue

Lanche partilhado

5 anos passados estou cá para contar a história

Um queixo suturado e um coração rachado