O dia em que levámos o avô ao restaurante chinês

Este cartoon, que vi algures na net, fez-me lembrar o dia em que levámos mo meu avô a um restaurante chinês.

Conseguir que saísse de casa foi, por si, um fenómeno raro, já que vivia embrenhado nos seus livros e gostava pouco de o fazer.

Fazê-lo para ir a um restaurante chinês então, nem sei como qualificá-lo.

O avô foi, num momento que nenhum de nós esquecerá, mas ficou desolado. O restaurante não tinha pão!!!

Pedindo desculpa ao avô, que não gostava de palavrões, não resisto em partilhar.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Um queixo suturado e um coração rachado

Hoje dei os meus impostos por bem empregues

Só Deus tem os que mais ama