A fixação pelo Panteão

Com esta fixação pelo Panteão e a confusão sobre o que é realmente uma homenagem, preservação da memória e perpetuação da obra, o Ronaldo que se ponha fino (como se diz na terra do meu homem) que qualquer dia vai lá parar com os ossos, só que a respirar.

Haja paciência . E respeito, pela vontade daqueles que queremos honrar e dos familiares a quem pertencem, de direito e de facto.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Para a Luísa

Até ao céu

3 professores em 4 anos!