O avô Matos estava muito à frente!

O meu avô Matos era a pessoa mais poupada que alguma vez vi. Não havia papel de embrulho ou plástico de encapar livros que lhe passasse pela frente e ficasse sem destino. O resto da família ainda hoje se ri, ao ver livros encapados com plástico aos corações ou papel das prendas trocadas no Natal de 1983.
Este ano, ao perceber que têm de sair cá de casa 3 presépios e uma coroa de advento feitos com materiais reciclados, fez-se-me luz. O meu avô foi um precursor do ambientalismo e nós, curtos de vistas, a acharmos que era forreta! Ignorantes, diria ele!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Para a Luísa

Até ao céu

3 professores em 4 anos!