quarta-feira, 20 de abril de 2011

Desilusão

Hoje tive uma desilusão daquelas bem grandes.

Chegou o relatório da criopreservação das células estaminais da Benedita. A empresa aconselha a não criopreservar as células pois, segundo os actuais conhecimentos científicos, será muito pouco provável que um dia possam ser utilizadas. A culpa é, claro está, do terrível Mr. Hodgkin. De qualquer forma, deixam a decisão aos pais.

Não posso dizer que tenha sido uma completa surpresa, pois, quando vi no questionário de saúde a pergunta sobre a existência de doenças crónicas, desconfiei logo. Mas há sempre a esperança que tudo não passe de um sonho mau.

Volta e meia Mr Hodgkin resolve dar o ar da sua graça, assim como quem não quer ser esquecido. Como se eu algum dia o esquecesse...

Desilusão à parte, a parte boa é a que a empresa está a ser extremamente correta e, caso optemos pela não criopreservação, devolverá o dinheiro. Pode ser que este exemplo sirva para quem ainda tem reservas quanto à criopreservação e pense que a criopreservação não passa de um negócio (como ainda esta semana li num blog).

Resultado, já terei tema de conversa com a minha oncologista na próxima consulta.

6 comentários:

  1. realmente a empresa não está a ser nada mercenária!

    ResponderEliminar
  2. Que pena Susana...a Benedita vai ser uma menina muito saudável não vai precisar delas, se Deus quiser!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Olá, Susana!
    Concordo com a Lina. Repara bem: para a tua filhota, foi escolhido um nome que só pode protegê-la pela vida fora :)
    Sossega e compra uma lembrança com o dinheiro devolvido.

    BEIJOS

    ResponderEliminar
  4. Como em tudo há empresas sérias e outras que não são. Tiveste sorte com a firma.

    Certo é que isso é uma área que ainda tem muito para desenvolver e descobrir.

    Não fiques a pensar nesse assunto pois tudo vai correr bem com a filhota.
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. E cmo tu própria dizes no teu blogue:

    Tudo tem uma razão de ser, um lado positivo, por mais difícil que seja perceber a razão.

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.