Link da entrevista à querida Júlia

Para quem não teve oportunidade de ver, aqui fica o link onde podem ver a entrevista à querida amiga Júlia. Falo a partir do minuto 15, mais coisa menos coisa.

Peço desculpa ser feito de forma arcaica, mas os meus conhecimentos informáticos não dão para mais.


http://sic.sapo.pt/online/sites+sic/querida-julia/diario/grávida+doente.htm


Uma vez mais agradeço todos os comentários que tenho recebido.

Quanto ao tempo de duração da entrevista, que me têm dito ter sido curto, só digo que deve ter sido o necessário para divulgar a novela (imagino não ter sido convidada pelos meus lindos olhos). O comércio assim o exige.

Não recebi nada pela publicidade. Independentemente do objectivo subjacente ao programa, acho importante que se fale "bem" do cancro.

Fiquei contente por não terem feito uma coisa a puxar à lagrimita. Aliás, quando fui contactada disse logo que não queria nada disso. Quanto às lágrimas da outra senhora, creio que foram a forma de descarregar a tensão emocional que sentiu enquanto falava.

E pronto, apagadas que estão as luzes da ribalta, volto à minha vidinha normal, com a parte chata de ter deixado de ter pretexto para não lavar a louça. Lá se foram as french nails.

Comentários

  1. Participaste muito bem e a Leonor até abraçou a televisão quando te viu!

    ResponderEliminar
  2. Óh, pá... Estava eu toda contente a pensar que ia finalmente ver a tua entrevista, e o link leva-me só a um resumo da entrevista... ;( sniff...
    Bom espero que tenham guardado a revista!
    Gostei da fatiota :)
    Jinhos da Galinhola

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.

Mensagens populares deste blogue

Um queixo suturado e um coração rachado

Hoje dei os meus impostos por bem empregues

Só Deus tem os que mais ama