quarta-feira, 4 de julho de 2012

Déjà vu

A rapariga acorda a cantar e assim anda o dia todo (com intervalos para guinchar e mostrar a sua forte personalidade). O reportário já inclui "o nosso galo é bom cantor"; "Clarinha olha as pombas" e "Sapo, sapo, sapo à beira do rio", entre outras ainda não identificáveis. É um regalo ver a sua alegria. Mas, e há sempre um mas, eu já vi isto em qualquer lado. A mana também era assim e agora acorda com vontade de matar meio mundo. Que medo do que aí poderá vir.

1 comentário:

  1. Eu nem quero pensar nisso, mas certo é que será muito provável mais uma metamorfose! A miúda estã tão fofinha assim: quando calha, dorme na casa dos avós, sem reclamar; acorda a cantarolar e a dançaricar...tudo o que a mana fazia. Agora nem se pode falar à Leonor em dormir na casa dos avós....

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.