sábado, 15 de dezembro de 2012

Não vejo a Casa dos Segredos

Não vejo a Casa dos Segredos e custa-me perceber quem o faz. Não vejo, mas vou estando a par do que lá vai acontecendo.

 É difícil ficarmos alheios ao fenómeno quando somos bombardeados por ele e o facto de o meu avôzinho ser leitor, incondicional, do Correio da Manhã faz com que não consiga evitar títulos sonantes com as novidades mais relevantes de cada dia.

Custa-me acreditar que aquelas personagens e vidas sejam reais, tal a pobreza de conteúdo.

Tenho dificuldade em aceitar que exista tanta gente a querer ser famosa, independentemente do motivo. Não era suposto que o falem de mim, bem ou mal, mas falem fosse interpretado à letra.

Acima de tudo, não quero crer que o Estado tenho pago as mamas da Petra (última pérola que li).

Ninguém merece.

2 comentários:

  1. Já vi muitas referências à Casa dos Segredos no Facebook mas continuo sem entender o que é. É uma espécie de Big Brother? Qual é a diferença? Vais ter que me pôr a par destas coisas quando eu chegar aí :)

    ResponderEliminar
  2. Como te comprrendo. TB não vejo, e sei muito pouco sobre a história, mas noa dia 1/Dez, fui jantar com umas pessoas com quem tenho pouca intimidade e afinidade e às páginas tantas, sou surpreendida por uma tema para o qual não tinha nada a dizer: casa dos segredos.

    para não fazer muita figura de parva e para não parecer que os achava a todos uns tótós por seguir aquela porcaria, passei a noite a dizer:

    "hum, hum. " e "pois é...." e "realmente".

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.