Deus me acuda, que vou ao IKEA

Depois de meses de conversação, vamos ao IKEA comprar uma série de coisas.

Eu gosto, moderadamente, de lá ir. Apesar de achar piada ao conceito, há algo que me cansa (talvez seja só a dimensão mesmo) e a meio do percurso perco o pio.

Quando o meu marido deixa de me ouvir já sabe, estou a querer morrer e cheia de vontade de me atirar para o meio do chão.

Vamos lá ver como corre a coisa.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Este é para quem gosta de hamburguer´s e culpa sempre a vontade

12 anos, bodas de seda

Irrita-me a estupidez humana