quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Hora de procurar saber o número de eleitor e local de voto

Entendo o voto como um direito mas também como um dever cívico.

Podemos não concordar com políticos e políticas mas, em minha opinião, só teremos legitimidade para os criticar, caso tenhamos votado, ainda que em branco.

Foi com este pensamento que, esta noite, resolvi averiguar qual o meu número de eleitor e local de voto.

A pesquisa foi fácil, tendo bastado saltar do portal do eleitor, aquele para o qual a minha intuição me direccionou, para o portal do recenseamento (podem faltar-nos muitas coisas, mas portais temos com fartura).

Já a descoberta foi surpreendente. Pensava eu que a dúvida estaria quanto ao local de voto na freguesia da minha residência e  vim a decobrir que, afinal, ainda estou recenseada em Santa Maria da Feira,  onde já não moro há mais de dois anos.

Ora isto leva-me a outras paragens, não só no próximo dia 29 como também nos próximos dias pois tenho de descobrir o que se passa com os dados relativos à minha residência, que ia jurar ter actualizado no momento em que tirei o cartão do cidadão (que por sua vez iria actualizar automaticamente o local do recenseamento).

Desejem-me sorte.

3 comentários:

  1. Fiquei surpreendida com a simplicidade do portal de resenceamento... Boa dica.

    Já o meu local de voto é em Alfena...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, é muito simples. Não há muitas desculpas para a malta deixar de votar

      Eliminar
  2. Obrigada pela dica. Recebi a carta em casa a informar que tinha um novo nº de eleitor, mas o portal é de muito fácil utilização.

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.