quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Leitura de pensamentos ou previsibilidade?

Começou, cá em casa, uma fase estupidamente irritante a de "macaquinhas de imitação".

Não há nada que divirta  mais a Leonor do que repetir todas as nossas frases. Como é bom de ver, a Benedita também começa a gostar de o fazer, especialmente porque percebe a nossa irritação.

A mim, que sempre me passei com sons e perguntas repetitivas, a coisa faz-me bulir o sistema nervoso.

As garotas estão naquilo minutos a fio.

Há pouco, num desses momentos de enlouquer, ouço a Leonor "e agora a mãe diz - Leonor vais já de castigo para o quarto".

Será que me lê os pensamentos ou sou mesmo assim, previsível?

2 comentários:

  1. Todas as crianças passam por essa fase que torra os nossos nervos. Aprendi na Faculdade de Psicologia, que quando você quer extinguir um comportamento, deve ignorá-lo SEMPRE, sem exceções. Sei que falar é mais fácil do que fazer. Garanto que dá certo: se não te irritar, perde a graça.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que sim, mas a verdade é que não consigo abstrair-me e ignorar. Acho que vou ter de fazer yoga ou algo do género :)

      Eliminar

Obrigada por dar vida a este blog.