A utilidade de um cancro

Esta semana está a ser dura, a vários níveis.

Hoje ao jantar o meu marido contou-me que tinha recebido um telefonema preocupante e que dava a entender que iríamos ter mais um problema (coisa que, graças a Deus não veio a acontecer).

Quando acabou de contar a história disse-me "na altura pensei, que se lixe. Isto há-de ser como a doença da Susana. Num dia uma notícia má, no dia seguinte uma notícia boa".

Acho que só a lembrança desta grande lição de vida me faria sorrir neste fim de dia.

É isso mesmo, há que relativizar tudo. Claro que podíamos ter aprendido a lição de forma mais suave, mas o que interessa é que aprendemos.

Amanhã o dia será melhor. Pelo menos, faremos o que estiver ao nosso alcance para que seja.

Comentários

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.

Mensagens populares deste blogue

Um queixo suturado e um coração rachado

Hoje dei os meus impostos por bem empregues

Só Deus tem os que mais ama