sábado, 2 de novembro de 2013

Almoço romântico

Resolvi desafiar o meu marido para uma saída dois.

Pensando eu que seria mais fácil empandeirar as miúdas durante a tarde do que à noite, pedi aos meus sogros que ficassem com elas para ir almoçar com o filho deles.

Sempre solícitos, lá vieram os avós de Ermesinde até Aveiro. O plano era simples, os avós levavam as netas a almoçar a um restaurante e nós  íamos almoçar os dois na outra ponta da cidade.

Assim que alapámos o rabo no restaurante, tocou o telemóvel. Era o meu sogro, desesperado porque a Leonor estava a chorar como uma Madalena pela mãe. O papá ainda tentou acalmá-la à distância mas não houve hipótese.

Resultado, avós e netas tiveram de sair do restaurante onde tinham acabado de entrar para ir ter com os pombinhos que, entretanto, mudaram de uma mesa para duas pessoas para outra de seis.

E assim acabámos por ter um romântico almoço familiar.

5 comentários:

Obrigada por dar vida a este blog.