sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Ou vai ou racha

Tal como as modas, as teorias pedagógicas vão e voltam e algo me diz que nunca saberemos (exceptuando naquelas situações extremadas) quais estarão correctas.

O método de ensino de inglês que está a ser aplicado nas aulas da Leonor implica que os pais coloquem duas (!!!) vezes ao dia um cd para acompanhar o que está a ser dado nas aulas.

O facto de ser duas vezes ao dia, por si só, já é algo difícil de gerir (o tempo não abunda por estes lados e a viagem até à escolinha é muito curta). E ontem fiquei a saber que, até ao final do ano, só se deve ouvir os episódios 1 e 2.

Para mim, cujo sistema nervoso se revolve com sons repetidos, vai ser uma prova arriscada.

Tenho de admitir que tenho alguma dificuldade em aceitar este método assente na repetição, mas vou dar o benefíicio da dúvida.

Afinal a rapariga já sabe que Fluffy é o nome do cat (já temos progressos), o dog dorme num basket e o Sam the boy trata da bicharada.

5 comentários:

  1. Olha que é capoaz de resultar. Em português quando queremos que os bebes comecem a falar repetimos até à exaustão as coisas. Parece-me que o princípio é o mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é verdade. pelo menos tem a vantagem de me obrigar a relembrar o inglês. e a Tita tb aprende :)

      Eliminar
  2. Só a experiência o dirá...concerteza resultará...já se é o método melhor já dependerá da perspetiva...!
    Passei por acaso mas gostei do que encontrei por aqui...eu própria tenho dois filhotes o F. e a P....já estou a seguir!
    Bjs
    maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela visita e pelo comentário, Maria.

      Volte sempre bjs

      Eliminar
  3. parece-me uma boa maneira de ensinar Inglês aos pequenotes!

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.