Avançar para o conteúdo principal

Sabiam que é possível doar cabelo ao IPO? Eu não

Ontem, a propósito deste video no qual se vêem várias amigas a rapar o cabelo como gesto de solidariedade com uma amiga com cancro de mama, falaram-me (obrigada Ana Nunes) na possibilidade de doar cabelo ao IPO.

Desconhecia completamente que tal fosse possível e fui investigar. Encontrei este post com informação sobre a doação ao cabeleireiro do IPO de Lisboa.


Não sei se tal será possível noutras unidades de tratamento de doentes oncológicos. Aí está uma boa forma de aproveitar o tempo quando voltar ao meu IPO (o do Porto) em Abril.

Em 2009, quando se colocou a hipótese de poder necessitar de prótese capilar, sei que trabalhavam com um cabeleireiro que ficava na zona do Bolhão, salvo erro, mas fiquei tão patareca que nunca tive coragem de lá ir e muito menos saber a origem do cabelo utilizado.

Está na hora de tentar saber um pouco mais, pois trata-se de um assunto que merece ser divulgado.

Há muitas maneiras de ajudar o outro. E esta parece-me excelente.

Comentários

  1. Olá Susana,
    Obrigada pela partilha da informação. Eu sou do norte e naturalmente, o IPO do Porto foi a minha primeira opão. Ainda consegui alguns contactos, um cabeleireiro etc... mas não têm como aceitar os donativos de cabelo. Também não me conseguiram dar informações para o norte. Se conseguir algo de diferente, por favor avise-me porque estou a deixar crescer o cabelo para uma doação e naturalmente preferia deixá-lo cá ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Cristina,

      ou procurar informação e depois transmitirei. Obrigada pela ajuda :)
      Um beijinho

      Eliminar
    2. Boa noite...
      Sempre ouvi dizer q tinha um cabelo optimo e muito forte e agora esta enorne... pretendo cortar o cabelo e estava com intençoes de fazer uma doaçao. Sou do porto e gostava q fosse para esta regiao mas tb n quero dar p q depois seja vendido por isso queria ter a certeza do local de destino. Consegue dar alguma informaçao sobre este assunto? Obg

      Eliminar
    3. Boa noite...
      Sempre ouvi dizer q tinha um cabelo optimo e muito forte e agora esta enorne... pretendo cortar o cabelo e estava com intençoes de fazer uma doaçao. Sou do porto e gostava q fosse para esta regiao mas tb n quero dar p q depois seja vendido por isso queria ter a certeza do local de destino. Consegue dar alguma informaçao sobre este assunto? Obg

      Eliminar
    4. Boa noite. Obrigada pela visita e pelo comentário. Amanhã vou ao IPO do Porto e vou tentar saber alguma coisa. Depois partilho :)

      Eliminar
  2. Boas. Eu tenho um cabelo forte e é imenso mesmo, o problema é que agora está um pouco espigado, mas não seja por isso, cortava o que estava estragado e deixava crescer para ficar com tamanho para doar. Eu tenho 17 anos e não sei se o poderia fazer já, mas andei a procurar e não encontro muita informação sobre este assunto, mas é uma coisa que eu gostava imenso fazer... E mais uma coisa, eu não vivo em Lisboa,vivo no distrito da Guarda, será que no IPO do Porto dá para doar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes de mais, agradeço o teu interesse. Há formas muito simples de ajudar os outros..
      Em finais de Abril escrevi um post sobre a doacção de cabelo no IPO do POrto. O que o responsável pelo cabeleireiro me disse é que podia aceitar a doação e se comprometia a informar a pessoa caso o cabelo fosse usada. Até à data nunca tiveram nenhuma situação dessas.
      A questão, segundo ele, é que fica caríssimo mandar fazer a cabeleira (1200€, se não estou em erro) e actualmente já há cabeleiras artificiais muito parecidas com o cabelo natural.
      A minha sugestão é que contactes o cabeleireiro do IPO do Porto e fales com o dono, Sr. Joaquim Guerra. Beijinhos

      Eliminar
    2. Bem, irei fazer isso num futuro próximo. 1200? Fogo... E para o ano estou a pensar inscrever-me nos dadores de medula óssea e vou dar sangue, se fosse comigo eu também queria ser ajudada, certo?

      Eliminar
    3. Oxalá todos pensassem da mesma maneira. E oxalá todos aqueles que já estão registados como dadores tivessem coragem de avançar quando necessário. Há muitos que na hora H recusam :(

      Eliminar
    4. Então mas se se registam é porque querem dar, não percebo esses recuos de ultima hora..

      Eliminar
  3. http://veganaos30.blogspot.com.br/2014/06/doar-cabelocomo.html

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.

Mensagens populares deste blogue

Este é para quem gosta de hamburguer´s e culpa sempre a vontade

Antes de mais devo dizer que ninguém me encomendou o sermão, juro.
Há poucos meses uma jovem (empreendedora e altruísta) que me dá a honra de ser minha amiga, resolveu por-se ao caminho e reabrir a Culpa da Vontade, uma hamburgueria 5 *.
Com esta decisão criou o seu emprego e deu emprego a outros. Ajudou outros negócios na freguesia (lembro-me do talho, por exemplo) e alegrou muitas almas (toda a gente sabe que um bom hamburguer é algo faz ressuscitar mortos).
Passados poucos meses, o negócio (recém nascido) apanhou com este tsunami que nos está a abalar.
Em vez de se deixar abater, aquela jovem empreendedora e altruísta reinventou o modelo de negócio e voltou (agora) com serviço de take away e entregas ao domicílio.
Fiz questão de dizer "presente" no primeiro dia e posso assegurar que a qualidade é a mesma de sempre e as medidas de higiene das melhores e mais rigorosas que tenho visto por aí.
Por isso malta que gosta de hamburguer´s é correr e fazer a encomenda. Não se arr…

12 anos, bodas de seda

Há 12 anos, quando dissemos o sim, estávamos longe de imaginar mais de 99% daquilo que o caminho a dois nos iria trazer.
Não nos passava, certamente, pela cabeça vir a celebrar as bodas de seda separados por milhares de kms.
Aconteceu, e acredito não ter sido por acaso. Tal como acredito que estás aí, do outro lado, a pegar num dos copos para brindar.
Parabéns a nós, que entre altos e baixos temos seguido sempre em frente. Unidos, apesar da geografia parecer querer dizer o contrário.

Irrita-me a estupidez humana

Ao sair do carro deparei-me com este lindo cenário. Por mera casualidade não pisei as luvas de alguém muito preocupado em proteger-se a si próprio esquecendo-se que isso de nada adiantará se não se lembrar dos outros e do meio ambiente em que vive.
Estamos todos no mesmo barco ou não?
Irrita-me a estupidez humana!