domingo, 3 de agosto de 2014

Charro electrónico. Oi?!!!

Provavelmente não será só em Aveiro que se está a curiosa tendência de abrir lojas de cigarros electrónicos onde antes se comprava e vendia ouro usado.


As lojas nascem como cogumelos, certamente por existir mercado.


O conceito do cigarro electrónico, por si, parece.me parvo quanto baste.


 O que não sabia é que também existem charros electrónicos que, diz quem vende, não têm substâncias ilícitas e diz quem é especialisra em adicções pode levar a dependências.


Sem comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.