terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Com vinagre não se apanham moscas e eu sou uma caloteira

 Sou assinante da revista Cruzada desde o colégio (já lá vai mais de 1/4 de século).


A revista tem-me acompanhado ao longo da vida e nas mais diversas moradas.


Na semana passada recebi uma cartinha muito simpática, com um calendário de 2015 e uma pagela de Nossa Senhora.


Junto, e sem qualquer comentário, vinha uma factura. Tudo seria normal e sem reparos, não fosse a data da factura ser 1 de Janeiro de 2014.


Ou seja, esta caloteira que vos escreve esqueceu-se de pagar a assinatura do ano 2014 e o Secretariado Nacional do Apostolado da Oração foi de uma subtileza tocante.


A carapuça serviu-me de tal modo que não só regularizei o débito como liquidei o valor da assinatura referente ao ano de 2015.











Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.