sábado, 24 de janeiro de 2015

Traumas de irmã mais velha

A minha avó é a irmã mais velha, de 3, tal como eu.

Em tempos de carestia cabia-lhe a cabeça da sardinha.

Nunca passei por nada semelhante e o mais próximo que vivi (mal comparado) foi calhar-me sempre o lugar do meio no carro que, para quem não sabe, é regra geral o mais incómodo.

Hoje foi ver-me nos stands de Aveiro a entrar para o banco de trás dos carros e sentar-me no lugar do meio.

Traumas de irmã mais velha. Só pode.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.