Chamem-me inculta, insensível, o que quiserem

Chamem-me inculta, insensível o que quiserem mas há coisas que não entendo.


E uma delas é esta notícia.


Sem querer ofender o Paul Gauguin,lá onde estiver.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

6 aninhos - Parabéns Tita catita

Obrigada autoestrada

40 anos - vamos a contas