domingo, 12 de abril de 2015

Cenas da vida (quase) real

- Tens de ir para casa tratar do teu filho, porque não tens marido!
-Pois é.
- Eu estou separada, mas tu não tens marido!
- Empresta-me o teu!.
- Não, não. Arranja um para ti!


Assim se brinca cá em casa. Com uma conversa, um tudo ou nada machista, digo eu com os nervos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.