Cenas da vida (quase) real

- Tens de ir para casa tratar do teu filho, porque não tens marido!
-Pois é.
- Eu estou separada, mas tu não tens marido!
- Empresta-me o teu!.
- Não, não. Arranja um para ti!


Assim se brinca cá em casa. Com uma conversa, um tudo ou nada machista, digo eu com os nervos.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Obrigada autoestrada

Lanche partilhado

Onde está Deus nestas alturas?