sábado, 11 de abril de 2015

Deixa-me ir

Deixa-me ir
E ficarei refém do destino
Que te quer meu

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.