Dias de mãe

Sabem aqueles dias em que as crias não cooperam, pela manhã, o que nos obriga a sair de casa sem acabar de secar o cabelo, depois de enfiar a primeira roupa que nos aparece à frente e esquecer a aliança em casa,  tudo para conseguirmos chegar a tempo ao autocarro que levará as ditas até à praia.


Aqueles dias em que nos sentimos um trapo amarrotado durante o resto do dia?


Hoje foi um deles.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Este é para quem gosta de hamburguer´s e culpa sempre a vontade

12 anos, bodas de seda

Irrita-me a estupidez humana