sábado, 12 de setembro de 2015

A fazer, em tempo de mudança de estação

A mudança de estação é sempre um pouco stressante cá em casa, especialmente quando passamos do tempo soalheiro para o cinzentão.


Quer queiramos quer não, a diminuição do tempo em que temos luz directa influencia muito o estado de espírito.


Depois há as questões de ordem prática. O que vestir e calçar, nestes dias que não são carne, nem peixe?


Com as cachopas então é um problema. Andaram o Verão todo de pés ao léu e não querem, nem por nada, calçado fechado. Tudo aperta.


E, se calhar, aperta mesmo.


O crescimento das criaturas tem o ritmo da luz e se há altura em que o percebemos é na mudança de estação.


É engraçado (até começarmos a fazer contas) pegar naquela camisola que ainda há poucos meses estava enorme e constatar que a manga já fica a 3/4.


Ainda assim tenho momentos de negação e acho que se esticar bem a roupa, ela fica no ponto. Estes momentos resultam em situações como a que aconteceu à Leonor esta semana - saiu de casa com umas leggings que a faziam parecer o menino Zequinha (bem diz a Tita , que eu não sei tratar das minhas filhas).


Esta é pois a altura de me enfiar nos armários (delas e meus) para fazer uma selecção, perceber aquilo que nunca mais será usado cá em casa e que dará jeito a outros.


A metodologia (quanto à roupa e sapatos delas) é sempre a mesma. O que não serve à Leonor passa para o lado da Tita. O que não serve à Tita vai para um saquinho.


No fim de semana já foi a 1.ª leva.


No que a mim diz respeito, já alcancei uma vitória. Consegui desfazer-me de umas calças que (com enorme probabilidade) nunca mais iria conseguir fazer passar nas ancas.


Destralhar, para além de necessidade, é também um dever cívico. A meu ver.


Estou sempre a bater na mesma tecla, mas acho inconcebível que tenhamos guardadas, e a ganhar pó, coisas que possam ser úteis a outros. NOTA - aplicável a brinquedos


Por isso, bora lá?


PS


Aproveito para dizer que tenho esta viatura (sem criança incluida) para emprestar. Se conhecerem alguém interessado, apitem por favor.




Bom fim de semana.





Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.