domingo, 13 de setembro de 2015

Instinto maternal

Acredito que existam mulheres sem instinto maternal, mas lá que ele é inato à grande maioria lá isso é.

Nada o origina, já nasce com a gente.

As meninas brincam, lá em cima, e só as ouço falar sobre "as filhas". A Tita acabou de mandar calar a sua que, por sinal "ainda está na barriga".

A Leonor embala a dela, pois "está a treinar para quando for grande".

E não digam que é por lhe impingirmos bonecas, que as cachopas também têm carrinhos e jogos,  entre muita outra tralha.

É assim, porque é. Nem tudo tem de ter explicação.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.