sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

As conversas da bruxa (ou onde andas ERC?)

- E já está com depressão há muito tempo?
- Há algum... talvez 3 anos.
- Pois, é mesmo isso que as cartas me estão a dizer.


(balelas, balelas, balelas ....)


Este é um pequeno resumo de uma conversa que me deixou com os nervos em franja. Por mais que me esforce não consigo entender como é que a ERC nada faz relativamente às bruxas que pululam pelos programas televisivos fazendo verdadeiros atentados à dignidade humana.


E quem diz a ERC, diz a Ordem dos Médicos, o Ministério Público ... Enfim, ninguém reage numa situação em que chico espertas (com maior ou menor dom da palavra) dá bitaites sobre a vida dos incautos que se põem a jeito e chegam a fazer verdadeiros diagnósticos médicos.


Preocupam-me, verdadeiramente, os resultados do trabalho destas artistas na vida de quem, por algum motivo, é vulnerável e se rege por aquilo que as ditas bruxas dizem no momento, ignorando até que, pelos vistos, o próprio zodíaco não será bem aquele que sempre nos apresentaram durante anos e nos temos andado a reger pelo signo errado.


No meio disto (que me irrita mesmo), alegra-me a sagacidade da minha filha mais velha que (com apenas 6 anos e sem que me tenha ouvido dizer o que quer que seja) já deu conta do embuste e se refere às bruxas como "aquela maluca que está para ali a falar).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.