sexta-feira, 24 de junho de 2016

Cancro e gravidez - boas notícias

Hoje deparei-me com um vídeo cujo título dizia que muitas mulheres abdicam de tratamentos quando lhes é diagnosticado cancro na gravidez.

Como imaginam, trata-se de uma temática que me diz muito.

Apesar de no meu caso não se ter chegado a colocar a  necessidade já que, aparentemente, a biópsia excisional da lesão teria matado a bicheza, foram meses de "ver como é que a situação evoluía" e nos quais os temas aborto e tratamentos (ainda que de forma hipotética) foram levantados.

Não consegui pois evitar a curiosidade de ver a reportagem já que me revejo profundamente na decisão de quem opta por abdicar dos tratamentos para poder prosseguir a gravidez.

Cheguei à conclusão que a reportagem pouco tem a ver com o título escolhido mas convido-vos a que a VEJAM já que aborda várias questões importantes e dá-nos a boa notícia dos avanços que têm existido a vários níveis, designadamente ao nível das técnicas de preservação da fertilidade feminina.

Lição a reter - cada caso é um caso. Fundamental é confiar na equipa médica (tive a felicidade de me ter saído a melhor na rifa) e ter fé na cura.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.