terça-feira, 14 de junho de 2016

Julgamentos

Julgamentos, só temo os da consciência com a qual durmo todos os dias. Tenho - a limpa, apesar de a alma me sangrar. Há momentos em que a racionalidade se impõe, sob pena de se perder a razão.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.