Desabafos de uma mãe no regresso às aulas

Setembro é capaz de ser, com grande probabilidade, o mês mais stressante do ano. A juntar à neura do fim de ferias, o grande desafio familar que representa o regresso às aulas.
Cá por casa a coisa está a ser relativamente pacífica já que as patroas tiverem a sorte de manter as respectivas professoras e a maioria dos amigos mas, ainda assim, andamos  à nora, com tanto material e horários a fixar.
Não vejo a hora para que chegue Outubro, mês em que quero acreditar a coisa encarreire.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Um queixo suturado e um coração rachado

Hoje dei os meus impostos por bem empregues

Só Deus tem os que mais ama