segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

A Paz (para as minhas patroas)

Hoje, dia em que se assinala mais um aniversário da morte de Ghandi, comemorou-se o dia da não violência e da paz.

Na escolinha das minhas patroas, o tema foi trabalhado de várias formas.

A Leonor fez a descoberta do negro, desde os objectos à cor da pele, e concluiu que "por dentro somos todos iguais, temos é tons diferentes".

Já a Tita, viu um filme sobre o "Gambi" que andava vestido de branco e foi "matado pelos ricos"; para ela, "Paz é relaxar".

No final do dia, quiseram saber qual a definição que os papás fariam da Paz. Claro que não acharam piada ao exemplo mais simples que encontrei - "Paz é quando vocês são amigas e não brigam", mas sentimos que, pelo menos hoje, interiorizaram o conceito. Isto a avaliar pela inacção da Tita ao comentário da Leonor de que "Paz é quando a Tita está bem longe e eu posso ver televisão à vontade", que em qualquer outro dia teria dado direito a guinchos e puxões de cabelos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.