terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Toda a vida tem dignidade

A eutanásia está na ordem do dia e aguardo com expectativa aquilo que sairá do Parlamento.

A questão é muito delicada e levanta os mais variados problemas éticos.

Pessoalmente, creio que em vez de discutir a possibilidade de se poder decidir o momento em que a vida deve acabar, devíamos era estar todos empenhados em lutar por mais e melhores cuidados paliativos, apoios a idosos e suas famílias etc, etc,etc...

Porque o que retira dignidade à vida é a ausência de condições de conforto e não a impossilidade de lhe pôr termo.

Toda a vida tem dignidade.

Não quero com isto dizer que a questão não deva ser debatida, muito pelo contrário.

Estando longe de ser linear, é essencial que se clarifiquem conceitos e se esclareçam todas as dúvidas para que a decisão seja consciente. E é quanto a esse ponto  que tenho mais receio. A ética não devia ser toldada por inclinações políticas ou (des)crenças, muito menos necessitar de ser legislada.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.