O meu querido mês de Maio

E estamos chegados a um dos mais bonitos meses do ano, não fosse ele dedicado às mães, ao nascimento e renascimento.

Há poucas coisas mais bonitas que ir por aí fora e ver a mais colorida e singela flor na mais improvável esquina.

Para além de ser o mês em que cheguei ao mundo e nele pus a minha primogénita, Maio será porventura o mês que me traz mais memórias da infância, em especial do Externato Maria Droste e do meu 1.º e rigoroso mestre- escola, o Professor Pereira.

Isto é Maio. O meu querido mês de Maio.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Lanche partilhado

5 anos passados estou cá para contar a história

Um queixo suturado e um coração rachado