quarta-feira, 7 de junho de 2017

Haverá gato mais parvo que o meu?

Quer chova quer faça sol, indiferente ao mês ou dia da semana, o Boris acorda às seis da matina e não descansa enquanto não me levanto para lhe dar o pequeno almoço.
Até aqui nada de novo. A questão é que ultimamente tem tentado enganar-me, na esperança que lhe dê um reforço de comida matinal. O plano é simples. Deixa-me voltar para a cama, dormir mais um pedaço e quando me levanto começa a miar e a seguir-me pela casa como se estivesse esganado de fome. Só nunca pensou que o dono estivesse atento e me abrisse os olhos com as sábias palavras "se cedes uma vez estás lixada". Só faltou dizer, já viste como é com as meninas!", o que agradeço pois estou fartinha de perceber a facilidade com que me dobram. Se não tenho firmeza com as cachopas, tentarei mantê-la com o   parvo do gato.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.