quinta-feira, 13 de julho de 2017

Terapia brutalmente eficaz

Há quem decida correr, fazer yoga ou tratar da horta. Eu decidi cantarolar para relaxar.
A experiência está a ser giríssima, entre ensaios de pais ultra animados e concertos de pais e filhos atribulados.
Acho o máximo ouvir chamar "mãe soprano" e observar o resultado de ver adultos e garotos misturados em palco, ainda que isso implique interceptar muitos sorrisos e comentários de gozo feitos pelos petizes sobre os velhos , catevoria em que me incluem naturalmente.
Sábado há mais. Apareçam à noite no Cais da Fonte Nova e verão.
Só sei que é uma terapia brutalmente eficaz e anseio o dia em que a Leonor partilhe estes momentos comigo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.