Pela Vida, sempre

Como sabem, a defesa da Vida é uma das causas que me diz muito.

Não só fui concebida em circunstâncias que, para muitos, justificariam um Aborto como vivi uma situação de doença durante a qual o Aborto foi falado (ainda que remotamente, e nunca como algo que tivesse de decidir).

Para além disso, sobrevivi à dita doença cuja taxa de sobrevida era (há 8 anos) de 65% dado o estadio IV do bicho. Por isso quando vi a divulgação da caminhada promovida pela ADAV no passado fim de semana, não hesitei.

Participar nesta caminhada pela vida, juntamente com as minhas patroas, a quem dei  a vida que me devolvem diariamente, foi uma emoção indescritível. Pela Vida, sempre.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Hoje dei os meus impostos por bem empregues

Entre altos e baixos

Só Deus tem os que mais ama