Se não fosse a Radio Clube da Feira, era eu e o Gelson

Uma pessoa chega às imediações de casa a horas indecentes e debaixo de chuva intensa, depois de um dia a puxar pelo neuronio, e depara-se com n carros mal estacionados que obrigam a aparcar em cascos de rolha. Tudo enquanto a chuva aumenta de intensidade e a pessoa, sem guarda-chuva claro está, só sente vontade de sair do carro e desatar a furar pneus.
Só digo, se não fosse a selecção musical da Radio Clube da Feira, e a canção de natal interpretada pela voz rouca do Brian Adams, para refrear os impulsos violentos e era eu que ia com o Gelson ter com o Ruben Semedo para ver o FCP-SCP.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Hoje dei os meus impostos por bem empregues

Entre altos e baixos

CPE - essa lufada de ar fresco