Jurisprudência das cautelas

-Não tens nada para dizer à mãe?
- Desculpa!
- O que fizeste foi muito feio!
- O que é que eu fiz?!
- Não te lembras?!
- Não,  mas desculpa!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Hoje dei os meus impostos por bem empregues

Entre altos e baixos

Só Deus tem os que mais ama