Um beijinho aí para o céu

Num dia da mãe particularmente emotivo, as minhas lembranças vão para uma que, não sendo minha, me acolheu como tal e ainda me confiou o seu próprio filho fazendo de mim fazendo de mim uma mulher realizada pelo projecto de vida sempre sonhado. Se hoje sou mãe, como sempre desejei, também a ela o devo. E,  perante a imensidão de tamanha dívida e gratidão, não posso deixar de enviar um beijinho daqui até ao céu, na certeza de que a manterei eternamente vida no meu coração e memórias.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Lanche partilhado

5 anos passados estou cá para contar a história

Um queixo suturado e um coração rachado