Avançar para o conteúdo principal

Dia 1

Há tempos, um grande amigo, desafiou-me a escrever um diário para contar as minhas (des)venturas dos últimos meses que têm sido muito emocionantes.

Desde à descoberta de um 1.º linfoma que nunca saberei se era de Hodgkin ou Não Hodgkin, ao nascimento da minha princesa e à descoberta de um 2.º linfoma (este de Hodgkin, sem sombra de dúvidas), tudo tem acontecido de há 10 meses para cá.

Como sou uma rapariga moderna, apesar de praticamente analfabeta no que à informática diz respeito, cá está ele engenheiro. Tardo mas não falho.

Decidi embarcar na aventura dos blogs, pois neles tenho encontrado muita força. Para além disso é uma excelente forma de, à distância, partilhar os meus, emocionantes, dias com aqueles que me são queridos.

O título foi escolhido pelo meu amado, e criativo, marido.

Relembrando que sou uma nulidade em informática, vou dedicar os próximos dias a tentar embelezar o blog.

Entretanto vou fazer o PET amanhã de manhã. Espero ter boas notícias na consulta de 4.ª feira. Conto com as vossas orações.

Comentários

  1. Viva!
    Enquanto estás a fazer o PET, cá estou eu com a nossa bebé, que nos tem dado tanta energia para enfrentar esse linfoma que surgiu nas nossas vidas!
    Posso dizer, com muito orgulho, que tens sido uma guerreira, com forças para ti e para todos os que te rodeiam, o que não é de espantar para quem te conhece bem.
    bj da tua mãe

    ResponderEliminar
  2. Com esta não contava, Susana Alice, mas devo dizer q foi uma boa surpresa. Fico à espera de actualizações e entretanto trocamos os nossos profundos e maravilhosos "correios", como a Jessica diz :)

    Beijoca

    ResponderEliminar
  3. Minha linda. Estou mesmo orgulhosa em ti, estás uma expert na informática. Olha que eu andei aqui à pesca para conseguir inserir um comentário, e o primeiro não sei onde foi parar :). Vais ter de me dar explicações. Beijos da tia Eva.

    ResponderEliminar
  4. por vezes nao sei exprimir o ke me vai na alma: sou a suzzzzzzzzz.
    mas tu sabes ke tou contigo nesta luta, puxando por ti do meu jeito, sempre. e se te consigo fazer rir, fico mt feliz! beijos! suzzzzzzzzzzzzzzz

    ResponderEliminar
  5. Ola! Acho a ideia do blogue muito gira... e para quem não sabe nada de informática esta mt bem!! Parabéns!!! Espero ler coisas boas por aqui!!
    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  6. És uma linda e grande mulher. Já sabes, estou contigo e não largo. Gosto muito de ti. Força. Bé

    ResponderEliminar
  7. Dizia a menina que não tem jeito para a informática? Hum? Então enganas muito bem :)
    Se começamos para aqui a contar as tuas histórias vai ser mais do que muito divertido...já me estou a imaginar todos os dias a espreitar o teu cantinho!
    Excelente forma de podermos estar mais perto outra vez. Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  8. Olá Susana. Que surpresa quando ao abrir o meu mail vi o teu convite. Por vezes perdido e achado no no meu dia-a-dia não consigo fazer a força que gostaria. Sim. "Fazer Força" porque é isso que dá um sentido mais forte a quem tem que o ser. E tu és Forte, e é isso que esperamos de ti. Da mesma forma que te colocamos em especial nas nossas orações. E podes estar certa de que se não é uma oração maior é uma mais pequena. Mas que vai direitinha ao nosso grande Deus de quem recebeste a Missão de mostrar ao mundo "o teu mundo" que ELE está vivo e bem presente. E é por ele e com Ele que Todo o teu Mundo (Amigos, Colegas que te amam) te vão ter por muitos anos como qualquer outra pessoa espera.
    Estou contigo. Beijinhos Hélder.(Adoramus te)

    ResponderEliminar
  9. Um beijo enorme!

    ResponderEliminar
  10. Qual Sheena, qual quê.
    A verdadeira guerreira dá pelo nome de Susana Neves!
    Força! Deus é grande!
    Um beijo
    I.Caçoilo

    ResponderEliminar
  11. Minha querida AMIGA E IRMÃ DE SANGUE, adoro-te. A sempre tua, Dina

    ResponderEliminar
  12. Prima de sangue e irmã de alma, sabes que quando quiseres repartir a tarefa de ser a fonte de Força da familia estou aqui (geograficamente longe mas mentalmente perto) para ti. Graças á tecnologia moderna estou a um pulsar de mensagem de telé, email ou mesmo chamada telefónica. Só gostaria de te poder abraçar mais vezes! Tú, com o apoio carinhoso que testemunho neste blog (de amigos e familiares) e de todos aqueles que ainda n estão ligados a estas modernices vamos dar um enterro venerável a esse senhor Hodgkins e celebrar a vida na Terra por mto tempo depois disso. um abraço cheio de carinho da primaça! /Sandra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida primaça. Não precisavas de levar as coisas de forma tão literal :) Hoje, 9 anos depois, sou eu que digo o mesmo. Como sou preguiçosa, assumo como meu o teu texto. Muita força nessas unhas. beijinhos grandes

      Eliminar
  13. Oh minha querida galinhola...minha filha de alma!
    Adorei o teu post, nem imaginas qto!
    bjs
    Baninha

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Obrigada por dar vida a este blog.

Mensagens populares deste blogue

Este é para quem gosta de hamburguer´s e culpa sempre a vontade

Antes de mais devo dizer que ninguém me encomendou o sermão, juro.
Há poucos meses uma jovem (empreendedora e altruísta) que me dá a honra de ser minha amiga, resolveu por-se ao caminho e reabrir a Culpa da Vontade, uma hamburgueria 5 *.
Com esta decisão criou o seu emprego e deu emprego a outros. Ajudou outros negócios na freguesia (lembro-me do talho, por exemplo) e alegrou muitas almas (toda a gente sabe que um bom hamburguer é algo faz ressuscitar mortos).
Passados poucos meses, o negócio (recém nascido) apanhou com este tsunami que nos está a abalar.
Em vez de se deixar abater, aquela jovem empreendedora e altruísta reinventou o modelo de negócio e voltou (agora) com serviço de take away e entregas ao domicílio.
Fiz questão de dizer "presente" no primeiro dia e posso assegurar que a qualidade é a mesma de sempre e as medidas de higiene das melhores e mais rigorosas que tenho visto por aí.
Por isso malta que gosta de hamburguer´s é correr e fazer a encomenda. Não se arr…

12 anos, bodas de seda

Há 12 anos, quando dissemos o sim, estávamos longe de imaginar mais de 99% daquilo que o caminho a dois nos iria trazer.
Não nos passava, certamente, pela cabeça vir a celebrar as bodas de seda separados por milhares de kms.
Aconteceu, e acredito não ter sido por acaso. Tal como acredito que estás aí, do outro lado, a pegar num dos copos para brindar.
Parabéns a nós, que entre altos e baixos temos seguido sempre em frente. Unidos, apesar da geografia parecer querer dizer o contrário.

Irrita-me a estupidez humana

Ao sair do carro deparei-me com este lindo cenário. Por mera casualidade não pisei as luvas de alguém muito preocupado em proteger-se a si próprio esquecendo-se que isso de nada adiantará se não se lembrar dos outros e do meio ambiente em que vive.
Estamos todos no mesmo barco ou não?
Irrita-me a estupidez humana!