quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

A pergunta que queria evitar

Durante muito tempo (concretamente 13 meses) evitei fazer uma pergunta, provavelmente por medo da resposta.

Mas esta semana teve de ser. A empresa que irá fazer a criopreservação das células estaminais do cordão umbilical da Benedita exige o preenchimento de um questionário sobre questões de saúde da mãe e lá vinha a pergunta - A mãe é portadora de alguma doença crónica, nomeadamente cancro?

A obstetra disse-me que deveria falar com a minha oncologista para que ela respondesse. E assim fiz. Tecnicamente a resposta é Sim. Portadora de Doença de Hodgkin em resposta completa há mais de 12 meses. Como me disse a médica, eu já sabia que só teria alta após 5 anos. Só aí poderei dizer que estou curada.

Quem convive comigo, sabe que não vivo obcecada com esta questão. Mas não posso esconder que me chateia e muito. Gostava de poder responder Não.

Enfim, é o que temos.

Em relação aos rins, já comecei o tal estudo. Fiz hoje uma ecografia renal e, aparentemente, está tudo bem.

5 comentários:

  1. quando fui operada ao carcinoma gástrico tbm tive o prazo de 5 anos de apertada vigilância médica. É como tu dizes: "é o que temos". Certo é que tens tido muita força e muita coragem para enfrentar a doença, desde que ela foi diagnosticada! És um exemplo para muitas pessoas, e orgulho-me de ti.
    bj

    ResponderEliminar
  2. olá menina(s)
    que bom saber q tá tudo bem!
    Vais ver, daqui "a nada" passaram os 5 anos e qs/ nem deste por isso; diz lá se este ano nao passou a correrrrrr!!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. São cinco anos que vais cruzar "com uma perna às costas". Para alguma coisa tem que servir a tua obstinação ;) ahaha. beijinhos saudosos

    ResponderEliminar
  4. oiiiiiiiiiii....

    estou livre a 2 anos.... ainda falta 3 para mudar certas respostas...

    no caminho sempre.
    http://hodgkineuconheoestecara.blogspot.com/

    ai esta meu espaço.


    beijos

    ResponderEliminar
  5. Um passo de cada vez, agora é à 12 meses, em breve à 24 e sem dares conta 5 anos.

    beijos grandes.

    ResponderEliminar

Obrigada por dar vida a este blog.